[Resenha] Cinquenta tons mais escuros e Cinquenta tons de liberdade - E.L.James


Hoje a resenha será dupla, trazendo um aparato geral sobre a trilogia sem revelar spoilers. Portanto se você ainda não leu o primeiro volume, pode ler sem medo.
A trilogia Cinquenta tons de cinza, deveria ganhar o prêmio de livro mais controverso de todos os tempos. Uns amam, outros odeiam, e um grupo mais indignado planejava queimar os exemplares para exorcizar o demônio Christian do BDSM. A verdade é que toda polêmica envolvendo a trilogia só serviu para evidenciar ainda mais a obra, que já passa da marca dos 2,4 milhões de livros vendidos no Brasil.
Assim que surgiram os primeiros comentários sobre a trilogia (algumas injustas na minha opinião, já que muitos críticos nem se deram ao trabalho de ler os livros para poder realizar uma análise mais justa) , eu quis conferir para tirar minhas conclusões.
Para começar a se aventurar no mundo erótico criado por E.L. James, você precisa ter em mente que este livro é exclusivamente para entretenimento e fun. E como tal, ele cumpre perfeitamente o seu papel.
"- Primeiro preciso perguntar uma coisa. Você quer um relacionamento baunilha, sem nenhuma trepada sacana?
Fico boquiaberta.
- Trepara sacana? - sussurro.
- Trepada sacana.
- Não acredito que você falou isso.
- Bem, falei. Responda - diz ele calmamente. (pág.38)"
Christian milionário e megalomaníaco está de volta em Cinquenta tons mais escuros, mostrando um lado mais "domesticado". Se no primeiro livro o foco foi a sua obesessão por controle e sexo masoquista, neste segundo volume a autora explora a raiz de todo o seu trauma envolvendo o temor de ser tocado.
A complexidade da personalidade de Christian, foi o principal motivo que me levou a querer ler o restante da série. Em um momento ele era mandão, em outros compassivo, e surpreendentemente passou a assumir uma postura romântica e doce (mega me derretia quando ele chamava a Ana de baby) nos dois últimos livros. A inconstância do personagem renderam diálogos hilários e deliciosos de ler. Os e-mails trocados entre os dois também serviram para conferir um tom mais leve a narrativa, que por conta do passado sombrio de Christian, assumiu um tom mais dramático.
"- Passei toda a minha vida adulta tentando evitar emoções extremas. Mas você...você desperta sentimentos em mim que me são completamente desconhecidos. É muito...pertubador. (pág.30)"
Anastacia deixou de tropeçar nos próprios pés, e diminuiu consideravelmente seu ciúme em relação ao namorado. Suas dúvidas quanto ao relacionamento relâmpago com o empresário, foram totalmente compreensíveis. Como saber se um relacionamento "baunilha" seria o suficiente para um homem acostumado a ter o controle na relação sexual? Será que ele não sentiria falta de infligir dor? Como lidar com toda a bagagem do passado que acompanhava Christian?
Não entendo porque tantas resenhas a acusam de ser interesseira. Eu não consigo ver por este lado. É óbvio que a riqueza dele vem junto com o pacote, e uma hora ou outra ela teria que admitir que toda a fortuna traria benefícios. E fala sério, se meu namorado quer me presentear com um Saab, eu teria que ser muito louca e rasgar dinheiro para recusar.
A riqueza de Christian também foi alvo de critícas inflamadas. Mas todo o poder e status dele, só serviram para tornar a leitura ainda mais divertida. Que graça teria se ele fosse um assalariado e levasse Ana para comer um pastel com cana na feira? Já basta a realidade (nada contra o pastel com cana, que inclusive é um dos meus lanches preferidos #apobre), pois quando estou lendo o que eu quero é uma fuga da realidade, e neste quesito E.L proporcionou a melhor fuga de todos os tempos.
"- Se você estivesse no meu lugar, como você se sentiria, com toda essa...generosidade vindo de bandeja para você? - pergunto.
- Não sei - responde, parecendo genuinamente confuso.
- Não é legal. Quer dizer, você é muito generoso, mas isso me deixa desconfortável. Já falei isso várias vezes.
- Eu quero lhe dar o mundo, Anastasia.
- Eu só quero você, Christian. Não quero os extras.
- Mas eles estão incluídos no pacote. Fazem parte do que sou. (pág. 104 -105)
O único ponto que me incomodou, foram as repetidas e demasiadas cenas de sexo. Tudo bem que não dava pra fugir do: percorreu meu pescoço com a língua, senti seus dedos dentro de mim,  porém, a autora poderia ter poupado um pouquinho o fogo dos dois. Algumas cenas eram totalmente dispensáveis.
Já no desfecho do segundo livro, a adrenalina da leitura fica por conta da aparição da Mr. Robinson. Ô mulherzinha incoveniente. Tenho que dar razão ao ciúme que Anastasia sentia dela. Eu não ia gostar nadinha de ter uma ex-namorada no encalço do meu namorado, alegando ser a melhor amiga e ainda por cima querendo interferir no relacionamento, da forma como ela fazia.

Já no livro Cinquenta tons de liberdade, as cenas de sexo ficam relegadas a segundo plano. Finalmente temos as respostas sobre o envolvimento conturbado de Christian e Elena.
Um pouquinho de tensão, suspense e ação movimentaram a trama, e fizeram valer a pena a leitura das mais de 500 páginas.
No final a autora ainda reserva uma surpresa: um capítulo mostrando o primeiro natal de Christian, e o encontro com Anastacia narrado por ele.
Minha classificação geral para a trilogia foi 4 estrelinhas. O enredo apesar de não ser um dos mais inovadores, conseguir agregar mistério, romance, erotismo e uma narrativa instigante. E.L. James escreveu uma história para diversão, não com a pretensão de se tornar um clássico da literatura, portanto, não deposite muita expectativa.
Por fim, se me perguntarem se eu recomendo a série, eu respondo: sim, se você está em busca de uma leitura cujo intuito seja entreter.
Mal posso esperar para assistir aos filmes (meu Christian Grey dos sonhos seria o atore Henry Cavill).

29 comentários:

  1. Oi Jacque!
    Eu li "50 Tons de Cinza" e odiei. Coloquei muitas expectativas, devido a massa de pessoas que estavam lendo e amando. Me decepcionei demais. Estou com o segundo livro aqui, que peguei emprestado com uma amiga, mas não estou muito animado para lê-lo.
    Eu entendi sua opinião, mas não consegui MESMO gostar da Anastacia e do Sr.Grey. Eu me irritei bastante com eles. Talvez eu mude minha opinião ao ler o segundo livro, mas acredito que isso não aconteça.
    Parabéns pela resenha dupla! (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  2. Eu li Cinquenta Tons Mais Escuros porque tinha ficado super curiosa com o fim do primeiro. Mas uma coisa que me irritou muito no segundo foi que, pra mim, a autora jogou um monte de cenas empolgantes e não desenvolveu nenhuma direito. O fim foi realmente interessante, mas mesmo assim eu acabei abandonando o último porque parece ter perdido a graça :/ Talvez eu até volte a ler um dia, por falta de outra coisa haha
    Boa resenha e beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Boa noite Jaqueline,


    Esse livro e essa série não fazem o meu estilo de leitura, masa sua resenha dupla ficou excelente boa e inovadora, parabéns...abçs.



    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Jacque,
    A série mais famosa hein rs.
    Sua resenha me deixou com aquela vontade de dar uma oportunidade para essa serie, já li tantas resenhas negativas, mas sempre encontro diversas pessoas lendo. Ai fico com aquela indecisão sabe rs.
    Bom esse ano vou tenta ler ^^
    Parabéns pela resenha
    Beijos
    http://marifriend.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, Jacqueline! Tudo bem?
    O que realmente me incomodou foi o fato da protagonista fazer com que Christian superasse um vício e depois ficou dizendo que estava com saudade da época que ele gostava de "sexo muito selvagem". Enfim, dei muitas risadas com os livros e até que o desfecho foi bom. :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Jacque, não sei se você reparou mas eu SOU LOUCA pelo Christian...rsrsrs
    Mas então, nem vou alongar meu comentário, vc fez a resenha dos meus sonhos, você falou TUDO que eu falaria numa resenha feita por mim. Então baby, parabéns, amei demais essa postagem.
    Me entreti totalmente com a trilogia, muito sexy, divertida e romântica.
    Beijão
    Vivi
    RR

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Gostei muito da sua resenha dupla.
    Me falta ler o ultimo livro e agora depois de ler sua resenha ate me deu vontade de ler.

    Bjinhs*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Mesmo depois da sua resenha e de vc ter dado 4 estrelinhas, meu livro ainda vai continuar na estante, pelo menos por enquanto...
    Mais gostei dos quotes.. Caraca que palavras são aquelas?
    É assim mesmo?

    bjs
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Jacque, gostei muito de sua resenha mais centrada - nem apaixonada, nem menosprezando a história. Eu quero ler também para tirar minhas próprias conclusões, não quero sair julgando obra nenhuma sem saber realmente o que ela passa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. O segundo livro é o melhor!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias
    http://livroterapias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Este definitivamente não é meu gênero. Mas tenho que fazer um elogio, sua resenha ficou ótima.

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Todos que leêm dizem que essa série é ótima, mas não tenho curiosidade de ler. Ótima resenha!
    Beijos,
    Luana Karla - Sector 12 - http://sector-12.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Jacque, tudo bem?
    Eu li até agora apenas 50tons, e não sei dizer se gostei ou não, apesar de qe no geral, como você disse é um tipo de leitura que não dá pra esperar muito dela, ela cumpre bem seu papel de entretenimento.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  14. VejaBlog
    Seleção dos Melhores Blogs & Sites do Brasil!
    http://www.vejablog.com.br

    Parabéns pelo seu Blog!!!
    - My Book Lit -

    Você está fazendo parte da maior e melhor
    seleção de Blogs/Sites do País!!!
    - Só Sites e Blogs Premiados -
    Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
    os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

    O seu link encontra-se no item: Blog

    http://www.vejablog.com.br/blog

    - Os links encontram-se rigorosamente
    em ordem alfabética -

    Pegue nosso selo em:
    http://www.vejablog.com.br/selo

    Um forte abraço,
    Dário Dutra

    http://www.vejablog.com.br
    ....................................................................

    ResponderExcluir
  15. Aaah, quase todos "iniciadores de modinha" são controversos. Enfim, só fico curiosa para saber como eles vão fazer a adaptação para o cinema, com tantas cenas de sexo...

    ResponderExcluir
  16. Oi Jacque!
    Eu achei o primeiro volume um lixo! Então, não pretendo ler a continuação.
    O livro é mal escrito, repetitivo, personagens rasos... Enfim, com tanta coisa boa para ler... não vale a pena perder tempo com algo assim.
    Mas, gosto é gosto. :)
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  17. Eu ainda não li 50 tons de cinza, mas pretendo ler ainda esse ano, para tirar minhas próprias conclusões.
    Excelente resenha dupla!!

    *bye*

    Louca por Romances

    ResponderExcluir
  18. Tenho muita vontade de ler essa série
    Mas só por causa da polemica que tem
    Só que não vou comprar, pois não é o tipo de livro que gosto muito

    Beijos
    @pocketlibro
    pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Adorei a forma como você fez a resenha do livro, muito inteligente e de total clareza. Parabenizo por seu blog.

    ResponderExcluir
  20. A resenha ficou muito boa, mas ainda assim eu não me interesso pela trilogia. Não acho que seja o meu tipo de livro. :/
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  21. Tenho que concordar com você que as cenas de sexo no segundo livro as vezes foram muito exageradas e repetitivas. Mas eu gostei da trilogia, no geral.

    Beijinhos,
    Thais Priscilla
    http://thaypriscilla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Só li o primeiro livro da trilogia e não conseguir achar a Ana interesseira. Não morro de amores pela série, mas também não odeio. Acho que a autora não escreve bem, mas é um romance que você lê sem grandes incômodos.

    Beijos,

    Carissa
    http://artearoundtheworld.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Adorei a sua resenha, ela ficou ótima, mas apesar disso, não sei porque, não tenho vontade de ler essa trilogia, apesar do "bum" que os livros causaram, a estória do nunca me chamou a atenção.
    Beijos

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi querida!!!
    Tua resenha ficou show!
    Eu li o primeiro livro, mas estou na dúvida se leio os outros dois ou não. Eu até estou curiosa para saber os mistérios do Sr. Grey, mas eu achei a protagonista tão chatinha e o livro sem muito enredo que não sei se vou ler a continuação. Eu estava decidida que não leria, mas depois da tua resenha fiquei na duvida, hehe
    Um beijãoo
    Lara - Magia Literária

    ResponderExcluir
  25. Oii!!
    Esses livros controversos são os melhores! kkk
    Espero ler a série ainda esse ano!
    Esperando ansiosa uma promoção no submarino com o box da trilogia!
    Parabéns pelo post Jacque! ^^
    Beijos!


    Elidiane - Leitura entre amigas

    ResponderExcluir
  26. Eu assim como você quando leio gosto de sair da realidade e esquecer a minha vida, eu gosto de viajar por ai, eu digo para a minha mãe "não queria que eu pare de ler ou leia menos, porque eu já fui para Paris, Nova Orleans, Londres e diversos lugares que talvez nunca poderei ir de verdade".
    Sobre a Trilogia ainda não, mas pretendo com certeza só não li ainda porque estava com muita expectativa e um certo preconceito.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Oi Jacque!
    Adorei as resenhas por causa da sinceridade.
    Li os dois primeiros livros e o terceiro está aqui na estante só aguardando.
    Confesso que adorei a estória, mas detestei a Ana, personagem chata e sem sal. rs

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Jacque, acredita que eu ainda não sei se leio ou não o livro? Eu to deixando pra decidir isso bem depois, quando todas as expectativas forem embora. Porque você sabe como é, não é? Quando a gente coloca muita expectativa, as coisas saem do eixo.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  29. Oi Jac!
    Só li o primeiro livro, na verdade metade dele e infelizmente não me agradou.
    Gostei da sua resenha e da sinceridade, mesmo com todo o poder que sua palavras geram em mim, não mudei minha opinião :)
    Beijos
    Brubs

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar.Será muito bom saber o que você pensa...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...