[Resenha] Entre Mundos - Brenna Yovanoff

Livro: Entre Mundos
Autora: Brenna Yovanoff
Editora: Bertrand
Número de páginas: 390
Classificação: 4/5

Minha Opinião:
"Nunca fui impulsiva. Sempre foi da minha natureza pensar cuidadosamente em tudo e, então, decidir qual seria a melhor solução, só que, às vezes, as circunstâncias mudam. Às vezes as coisas ficam tão ruins e complicadas que sua natureza não importa mais".
Quando soube do lançamento desse livro fiquei muito animada, pois já tive uma experiência de leitura anterior com a autora (O Substituto), e fiquei entre o gostar e não gostar. Acho que o motivo da minha decepção anterior era ter pensado que O Substituto seria um terror no melhor estilo Stephen King. Agora eu já fui com a mente aberta para o mundo sombrio de Brenna, e o resultado foi muito positivo.

Daphne é um demônio, filha de Lilith e Lúcifer. Desde que sua mãe foi expulsa do Éden, e obrigada a viver enclausurada em Pandemonium, tudo o que ela sabe sobre a terra e os humanos é apenas o que é mostrado nos programas de TV. Ela nunca sentiu vontade de visitar a terra, mas seu desejo muda quando seu meio irmão - Obie - filho de Adão, parte para sempre de Pandemonium, para viver na terra com a mulher que ama. Desolada por não ter mais o irmão por perto, e assustada com o que pode ter acontecido a ele, Daphne vai para Chicago, tentar encontrar o humano Truman, que aparentemente é a última pessoa que esteve com o seu irmão.

Primeiramente devo dizer que o mundo criado por Brenna é sempre tão original e surpreendente, que não tem como não gostar do livro, mesmo que o desenvolvimento não atinja suas expectativas.
Dessa vez temos uma inversão na classificação de bem e mal. Aqui os demônios são do bem (não tão bem assim), e os anjos são vistos como os vilões. É meio confuso, mas não quero entrar em muitos detalhes para não tirar a surpresa.
Os vilões estão muito bem caracterizados. Na verdade todos os personagens estão. Seres sombrios são definitivamente a praia da autora. Por mais que eu tenha achado estranho os demônios possuírem dentes cinzas, não conseguia imaginá-los de outra forma.
O fato é que o discurso e a forma como Yovanoff apresenta seus personagens me convenceu. É estranho escrever isso, mas lá vai: nunca na minha vida imaginei que iria torcer tanto por um demônio (só na literatura, claro).

Dá pra perceber logo no prólogo o quanto a escrita da autora amadureceu. Porque não basta criar um mundo original, é preciso torná-lo crível, e ela cumpriu perfeitamente essa tarefa. Pandemonium apesar de ter sido pouco explorada, foi totalmente palpável. Dava arrepios só de imaginar as passagens que Daphne mencionava, como o poço, para onde as almas condenadas eram enviadas.
Daphne é uma protagonista no mínimo muito estranha, mas que causa simpatia no leitor. Fica claro que ela é um súcubo, mas achei que essa parte sobrenatural poderia ter sido melhor explorada.
" - O amor existe mesmo?
- Amor - diz ele (...) Você perguntou sobre o amor. Não sei nada sobre o amor, Daphne. Só sei que não quero nada além de você. Não quero estar em nenhum lugar senão ao seu lado."
O que falar de Truman? Já deu pra perceber em minhas resenhas que eu tenho um estranho caso de amor por personagens irreparáveis e perdidos. O romance entre eles é muito cute. Não no sentido fofinho da palavra, mas no sentido que ambos pareciam ser predestinados (eu sei, parece clichê, mas não é. Eu juro).
Apenas algumas cenas senti uma vibe totalmente crazy, mas já tinha notado essa característica no livro anterior, então digamos que eu estava familiarizada com a mente totalmente imaginativa de Yovanoff.
Para quem está cansado de séries, Entre Mundos é a escolha perfeita. Equilibrando sobrenatural com romance, Brenna reserva muitas reviravoltas e um final surpreendentemente devastador.

Como eu li a prova do livro, não posso falar muito sobre a diagramação, mas encontrei apenas um erro de digitação, que com certeza será corrigido até a edição final. Pessoalmente não gostei da capa, apesar da modelo trabalhada no photoshop parecer muito com a descrição de Daphne. Sou apaixonada pela capa americana (abaixo), e foi uma pena a Bertrand não ter mantido.

capa dos EUA

24 comentários:

  1. Você tem o poder de matar minha curiosidade. Eu estava sofrendo com este lançamento. AMEI O Substituto, há muitos anos não se fazia um livro com elementos góticos igual a ele. Por isso queria muito saber o que esperar de Entre Mundos.
    Já vi que vou amar.
    Tem até um romance cut, rs. Que mais que eu quero?

    Incrível!!

    Bjkas

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amei O substituto ! É incrivel é sombrio sem ser de terror e retrata o amor em suas varias formas, o amor de irmão, de pai, de amizade... Cara esse livro foi sensasional! Eu preciso reler. Estou louca para ler esse ! Ela já está na minha lista de autoras favoritas

      Excluir
  2. Não conhecia esse livro
    Mas a principio não me chamou atenção

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi!! Me interessei pela leitura ;)
    Bjs
    Site: http://lizajoneslivros.wix.com/lizajones
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Jacque :D
    Não conhecia a autora ainda, mas fiquei beem curiosa com a história. Já anotei a dica e assim que lançar irei comprar.

    Beijos
    Books and Movies
    http://leiturae7arte.blogspot.com.br/
    @BooksAndMovies_

    ResponderExcluir
  5. Amei a capa até ver a americana no fim da sua resenha... confesso que amei mais ainda a segunda=/ Podiam tê-la repetido na edição brasileira...enfim.
    Adorei sua resenha, confesso que ando com medo de vir aqui ler suas indicações, vou deixar meu pobre marido pobre rsrsr
    Então, esse é o tipo de leitura que eu vou amar, anotei para futura leitura, porque né? Jacque indica e eu preciso comprar e ler, é sagrado *.*
    Beijos querida.
    Vivi
    RR

    ResponderExcluir
  6. Oi Jacque!
    Eu nunca tinha ouvido falar desse livro! rs
    Adoro personagens súcubos e já vou colocar esse na minha listinha de desejados.
    Amei a resenha! E foi uma pena mesmo não terem mantido a capa americana...

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Jacque, o blog está lindo!! :}
    Adorei a resenha, ainda não conhecia esse título, mas gostei bastante da sua abordagem da estória!! Espero poder conferir essa leitura em breve!!

    Te espero lá no Prólogo da Leitura, até mais!!

    ResponderExcluir
  8. Não sou muito chegado nessas coisas góticas, então por mais recomendável que seja, não pegaria o livro para ler - e não acho que isso seja preconceito.
    Anjos e demônios é muito para a minha cabeça que prefere se ater a apenas seres-humanos.

    ResponderExcluir
  9. Oi Jacque!
    Realmente, a capa americana é bem mais bonita.
    Bem, talvez eu curta a leitura deste livro. Parece ser um livro sobrenatural dos bons.
    Acredito que a autora tenha amadurecido mesmo, mesmo sem ter lido "O Substituto". Acredito porque acredito na sua opinião e sei que é, quase sempre, parecida com a minha.
    Espero ler em breve.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  10. Bah, não querendo me interessar por novos livros mas já me interessando *O* Literatura com seres sobrenaturais me atraem e muito! E esse, com essa inversão do bem e do mal que geralmente encontramos em outros livros, é muito interessante. Resenha ótima.

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. AHHH, esqueci de dizer: O blog está LINDO *O* #saudaesdeviraqui rs

    ResponderExcluir
  12. OI Jacque! Realmente a capa americana é bem melhor, e eu que sempre sou cativada por capas, #fazeroquené, não tinha me animado a ler este livro ainda, mas depois de ler a resenha vai para lista de desejados. Gostei demais de saber dessa inversão de papéis, ela fugiu do clichê de anjos bonzinhos. Sem dúvidas quero ler este e o outro da autora.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  13. Jacque, eu detestei a capa brasileira. Podiam realmente ter deixando com a capa americana. :(
    Eu fiquei interessada na história! Tinha ficado um pouco receosa, mas você me convenceu a dar uma chance ao livro. To precisando de livros únicos e que acabem comigo!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  14. Que capa estranha é essa?
    Não conhecia o livro e não em chamou atenção
    Beijokas, Brubs
    Livros de Cabeceira
    @IWannaRuffles

    ResponderExcluir
  15. Oie Jacque =)

    Não conhecia o livro, mas a história me pareceu interessante.
    Tenho que concordar com a Luara que a capa deixa qualquer um desanimado, mas isso é só um mero detalhe quando a história vale a pena.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  16. Ai ai ai ai ai, Jac! Você poderia ter me convencido com certa facilidade a ler Entre Mundos, mas a combinação YA + romance adolescente "cute" + essa capa TERRÍVEL não tá permindo bons resultados. Já vinha conversando contigo que quero terminar de vez com esse ciclo de livros para o público jovem, né? Definitivamente não vai ser Entre Mundos que me fará fraquejar.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Nossa, me deixou curiosa! YA já é uma coisa que me prende, e essa descrição sua de demônios e anjos terem o sentido inverso me deixou bastante curiosa. Nunca tinha ouvido falar no livro, vou ver se procuro para comprar por aqui hm... Ah e é volume único? Ultimamente estou fugindo de séries! Já tenho o suficiente para acompanhar aqui kkkkkkkkk

    Ótima resenha! Conseguiu me deixar bem curiosa mesmo, uma pena que a capa daqui não seja tão bonita quanto a americana (sempre assim D:)

    Beijos, Gabriela
    Recordando Palavras
    http://recordandopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia a autora, mas fiquei curiosa pra saber mais sobre o mundo que ela criou. E sinceramente? Acho essa capa brasileira muito feia.. a americana é muito mais bonita :)

    :*

    ResponderExcluir
  19. Oi Jacq...eu fiquei com vontade de ler esse livro tbm, mas fiquei um pouco com o pé atrás pq li algumas críticas negativas sobre a escrita da autora em O Substituto. Fico contente em saber que ela amadureceu, como vc disse, e que o mundo que ela cria é original.

    Tbm não curti essa capa...preferia a primeira versão que a Bertrand tinha liberado antes, não sei pq mudaram '-'

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  20. A capa americana é definitivamente mais bonita, achei a brasileira tão estranha. o.O
    Então, eu também estava super empolgada para ler O Substituto, mas fiquei desanimada depois que li as resenhas e decidi deixar para lá. Mas agora vem você falando tão bem desse outro livro que eu fiquei animada e curiosa novamente para ler algo da autora. :)
    Vou dar uma chance futuramente.

    Beijocas, Jack.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oi adorei.. muito obrigado, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir
  22. Não consigo arranja-lo, aqui em Portugal, em portugues... so em ingles
    alguém mo pode enviar?
    xaninha170273@hotmail.com

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar.Será muito bom saber o que você pensa...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...