[Resenha + Sorteio] Filme Noturno - Marisha Pessl

Livro: Filme Noturno
Autora: Marisha Pessl
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 624
Classificação: 5/5 (favorito)

Minha Opinião:

Marisha Pessl é uma escritora americana, cujo primeiro romance intitulado Special Topics in Calamity Physics, foi um best-seller. Ganhou em 2006 o prêmio John Sargent Sr. de melhor romance de estreia e foi escolhido como um dos dez melhores livros daquele ano pelo The New York Times Book Review. Filme Noturno é seu segundo romance.

É impressionante como uma história pode mexer com nosso imaginário de um modo tão complexo. Quando solicitei Filme Noturno não conhecia muito sobre a história, e apenas a menção a palavra thriller serviu para despertar minha enorme curiosidade.
Bastaram apenas algumas páginas para me deixar paralisada no sofá. Filme Noturno não é apenas um thriller psicológico daqueles que a gente lê freneticamente sem conseguir parar. A história é um verdadeiro coquetel molotov de tensão, suspense, e realidade se fundindo com ficção.
"As pessoas tinham um raciocínio ilógico egoísta no que dizia respeito a interpretar o comportamento dos outros."
Nesse livro, Scott McGrath é um jornalista investigativo que viu sua carreira cair em desgraça após suas declarações inflamadas de ódio sobre o cineasta Stanislas Cordova, tendo sido processado logo após o episódio.
Anos depois, Scott vê Cordova em sua mira novamente. Ashley Cordova, filha do cineasta, é encontrada morta em um armazém abandonado. A polícia suspeita que se trata de um suicídio, porém, o jornalista acredita que exista algo por trás da misteriosa morte da jovem.
Movido pelo sentimento de vingança, e querendo desvendar as motivações secretas por trás dos horripilantes filmes noturnos de Stanislas, McGrath inicia uma investigação que poderá levá-lo tanto ao céu, como ao inferno. E em sua procura pela verdade, sua vida e a daqueles que amam pode estar correndo um sério risco.
"(...) Não o culpo por se recolher. Você tem visto o mundo ultimamente, McGrath? A crueldade, a falta de vínculos? Estamos vivendo mais, estabelecemos laços sociais com nossas telas, e nosso poço de sentimento fica mais raso. Logo não passaremos de uma piscina formada pela maré, um dedal de água e então uma microgota. Dizem que nos próximos vinte anos iremos nos fundir a chips de computador para curar o envelhecimento e nos tornar imortais. Quem quer passar a eternidade sendo uma máquina? Não espanta que Cordova se esconda."
Se me pedissem um adjetivo para classificar o livro, eu diria: insano.
Filme Noturno é narrado em primeira pessoa, por Scott McGrath, o que nos aproxima ainda mais do personagem e sua caça pela verdade por trás da morte de Ashley. Mas poderá a verdade satisfazê-lo?
A narrativa traz fotos, recortes de bilhetes, jornais, e imagens de sites, oferecendo uma visão real de seus personagens. O recurso foi sabiamente utilizado pela autora, já que não nos esforçamos para criar uma imagem crível do personagem misterioso e recluso que é o cineasta Cordova.
"Dentro de cada mentira elaborada, uma semente de verdade""
Eu passei três dias imersa e hipnotizada pelo quebra-cabeça de Pessl. Isso incluía comer com o livro
do meu lado, assustando meu marido, que afirmava que eu estava enfeitiçada com a obra. Também não é vergonha falar que eu tive sonhos bastante vívidos com os cenários e personagens do livro. Literalmente a história me tirou o sono, e me deu arrepios.
A investigação sobre a morte de Ashley é apenas o estopim para uma história intrincada onde realidade se funde com ficção. Filmes se confundem aos pesadelos, e os pesadelos se tornam cada vez mais reais. A sanidade de todos é questionada, e quando você pensa que já sabe como tudo vai terminar, uma reviravolta abala todas as estruturas.
A autora tem uma habilidade extrema em criar histórias dentro de outras histórias, nos guiando por um enredado novelo de lã, onde é impossível descobrir a ponta inicial antes do desfecho.

Brilhantemente, Marisha constrói uma personalidade extremamente palpável sobre o famoso cineasta Cordova, através de entrevistas, e relatos de outros personagens sobre seus filmes. Cordova é um verdadeiro mistério, um personagem invisível que não faz nenhuma aparição. Contudo, ele é a figura chave do livro. Um personagem enigmático que exerce certo fascínio e devoção. Uma espécie de Hitchcock, um herói cult venerado por seus fãs. Ele é quase como um mito, um homem que ninguém nunca viu, apenas aqueles que trabalhavam em seus filmes. E misteriosamente ninguém gosta muito de falar sobre ele, ou sobre o período em que filmaram.
Detalhes sobre seus filmes são explorados na trama, e é tudo tão convincente, que eu realmente acreditei que Respirando com reis, ou À noite todos os pássaros são pretos poderia ser real e se tornar um sucesso de bilheteria.

O toque sobrenatural na metade do livro só acrescentou mais tensão e terror a narrativa. Feitiços, suspeita sobre maldições e figuras mitológicas como o Leviatã, conferem um ar obscuro e servem para apontar um caminho espantoso e lúgubre durante a investigação.
O cenário é igualmente macabro e melancólico, com destaque para a mansão The Peak, onde Cordova vivia, e produzia seus filmes. A mansão é quase uma figura real, imponente, e vívida.
"É preciso andar algum tempo no lado sombreado da rua para sentir o sol bater em seus ombros."
O meu problema com alguns thrillers e suspenses investigativos, é o fato de que nem sempre a investigação é persuasiva o bastante para me levar a acreditar no que eu estou lendo. Com Filme Noturno eu não tive essa impressão. Todas as descobertas vão acontecendo lentamente, sem artifícios mirabolantes, se desenrolando de forma completamente plausível.
Scott é uma figura bastante empática. Sua sede em descobrir o que realmente teria acontecido com Ashley, passa de necessidade de vingança por ter seu nome jogado na lama por culpa de Cordova, a inquietação genuína em desvendar o que estaria acontecendo por trás dos bastidores dos filmes macabros de Cordova. Na crença dele, Cordova não fazia distinção do real e imaginário. E durante toda narrativa, essa linha tênue que separa a realidade da ficção é questionada o tempo inteiro.
Para equilibrar momentos de pura tensão e ação, Scott era capaz de nos fazer rir com suas opiniões, e piadas. Nas mãos de outro autor essa suavizada no enredo poderia estragar completamente o ritmo e o suspense, mas não com Pessl.
"Enquanto escalava umas pedras, não consegui escapar de uma onda quebrando na praia e fiquei encharcado de água gelada até as canelas. Eu podia esquecer o chefe da máfia russa; ia parecer Tom Hanks no maldito O náufrago quando chegasse. E se chegasse."
Os personagens secundários (se é que eles merecem esse rótulo, já que suas histórias são peças essenciais do quebra-cabeça) são igualmente empáticos e atraentes, do tipo que deixa o leitor sedento por mais detalhes de suas vidas.
Filme Noturno é um daqueles livros que daria um filme digno de Oscar. Já posso imaginar os atores que fariam os papéis principais, e a trilha sonora macabra que daria vida ao suspense.
Até o momento, é a minha melhor leitura do ano.

E para não deixar vocês na vontade e curiosidade de ler, em parceria com a Editora Intrínseca, o blog vai sortear um exemplar. As regras são as mesmas de sempre: seguir a página do blog no face, e preencher o formulário. Na chance extra de comentar nessa postagem, só valerá comentários decentes (nada de: legal, ou participando).
Boa sorte


a Rafflecopter giveaway

31 comentários:

  1. Olá!

    Te indiquei a uma tag: http://mademoisellelovebooks.blogspot.com.br/2015/01/tag-liebster-award.html

    Espero que goste!

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oiee

    Uau que livro hein fiquei mega curiosa !

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Jacque,
    Adoro esse tipo de livro q causa tanto impacto q até nos tira o sono.
    Achei a estrutura mto original e criativa.
    Nao sabia q o livro tinha um toque sobrenatural. Fiquei ainda mais curioso.
    Abraço,
    Alê
    www.alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha Jacque. Amo tramas policiais bem escritas e intrincadas. E, claro, estou participando da promoção.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Oi Jacque! Esse tipo de livro não é o que eu leio geralmente, eu curto a minha zona de conforto no romance numa boa hehe mas eu gosto de ler tramas policiais e suspenses e mistérios de vez em quando, li Garota Exemplar e Não Conte a Ninguém porque eu vi que eram livros muito elogiados, e como eu confio na tua opinião, já anotei aqui pra comprar quando der hehe adorei a resenha e que diagramação diferente! Fotos! Adorei! Deve dar mais vida ainda pra estória :) beijos! http://www.trocandodisco.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha! Ficou muito boa, assim como o livro parece ser mesmo excelente e diferente de tudo que já li. Ele tem um ar de "poderia ser real" incrível. Adorei que tenha recortes de jornais e sites, muito legal essa ideia.
    E a trama bem macabra, sobre bastidores de cinema.
    Única coisa "ruim" é o fato de ter 600 páginas, que iria me cansar e me fazer demorar muito para terminá-lo, mas mesmo assim talvez eu o compre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Shadai
      eu também estava reticente quanto ao número de página, mas eu li em três dias, e olha que só não li em um dia porque parava toda hora pra fazer alguma coisa.
      A narrativa é super ágil, dá pra terminar rapidinho.

      Excluir
  8. Já imaginei você comendo com o livro na mão heheh. Ainda não conhecia esse livro, mas como você, a palavra thriller bastou para atiçar a minha curiosidade. E depois fiquei ainda mais quando li a parte sobre feitiços e maldiçoes. Esse é um livro que gostaria muito de ler.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  9. OI Jacqueline, parabéns pela sua resenha! Que livro incrível, me deu muita vontade de ler, adoro histórias misteriosas e de suspense, tenho certeza que eu iria adorar a leitura!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Jacque.
    Gosto de livros que nos surpreende. Este não estava na minha lista de desejados, mas após essa resenha e essas fotos das páginas do livro me vi com muita vontade de sentir desse sentimento intenso, insano e surpreendente que você citou durante a resenha.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Sua missão de convencer os outros a ler foi alcançada com: exito. Fiquei doida por esse livro! Apesar de ter quase certeza que vou ficar uns dias sem dormir após concluir a leitura. Espero ganhar o sorteio, hihi.

    The Fat Unicorn

    ResponderExcluir
  12. Olá Jacqueline,

    Eu já estava de olho nesse livro, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha dele, sua resenha me deixou muito interessado pela obra, gosto demais do estilo e já vai para a minha lista de desejados, vamos ver se tenho sorte nesse sorteio....abraço.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. a maioria dos livros da minha estante é da Intrínseca, e sempre fico de olho nos lançamentos todos os meses da editora..
    Filme Noturno me chamou a atenção primeiramente por ser thriller (adoro o gênero). Aí quando passei numa livraria e vi o exemplar lá exposto não pude não reparar nele. Primeiro a capa dele, que tem os detalhes metalizados, e eu não sabia que o livro tinha fotografias e vários anexos nele!
    Adorei a resenha, parece realmente o tipo de livro que prende você até chegar na última página.

    ResponderExcluir
  14. Eu adoro thrillers mais voltados para o terror, ainda mais quando se trata de histórias investigativas, então me interessei pelo livro logo de cara! O enredo parece ser bem estruturado. Acredito que trata-se de uma boa leitura.

    ResponderExcluir
  15. Achei que é um livro bem elaborado, com investigações de tirar o fôlego r que nos prende a atenção do começo ao fim, realmente de tirar o sono! Espero ter a oportunidade de lê-lo!

    ResponderExcluir
  16. Livros de thrillers e suspense , como este, são os que mais me fascinam. Não sei dizer se é pela ansiedade que você lê o livro todo, para chegar ao final e descobrir quem matou fulano ou quem fez aquilo. São instigantes porque conseguem te prender mais nele a cada página que você lê, aguçando a curiosidade e a capacidade intuitiva e investigativa do leitor. De acordo com sua resenha, "Filme Noturno" parece reunir todos esses fatores e muito mais. A investigação sobre a morte de Ashley, o sentimento de vingança de Scott, as revelações e descobertas dos mistérios ao longo do livro, os trechos que envolvem partes sobrenaturais...Todos estes elementos reunidos parecem tornar esta obra capaz de prender qualquer leitor da primeira á última página.

    ResponderExcluir
  17. Puxa, deve ser um livro muito bom. Gosto muito de suspense e quero muito ler o livro. Participando da promoção.
    suquinha@gmail.com

    ResponderExcluir
  18. Tenho uma relação de amor e ódio com livros que me deixam totalmente imersa na história. A parte do amor é que realmente, a história te envolve de uma maneira que qualquer mudança no enredo te deixa chocada, como se fosse algo pessoal. E a parte do ódio é que eu infelizmente tenho uma vida real e tenho que deixar de ler em alguns momentos do dia, ;-;

    ResponderExcluir
  19. Tenho uma relação de amor e ódio com livros que me deixam totalmente imersa na história. A parte do amor é que realmente, a história te envolve de uma maneira que qualquer mudança no enredo te deixa chocada, como se fosse algo pessoal. E a parte do ódio é que eu infelizmente tenho uma vida real e tenho que deixar de ler em alguns momentos do dia, ;-;

    ResponderExcluir
  20. eu simplesmente amo livros de thrillers e suspense ! Espero que a história seja tão instigante quanto você afirmou na resenha e que os protagonistas não deixem a desejar em termos de personalidade.Eu amo os livros do Harlan Coben,como a série Myron Bolitar por exemplo,pq os protagonistas são muito bem caracterizados.
    Espero tb ganhar a promoção hahahahaha
    beijosss ! :*

    ResponderExcluir
  21. Bem Jaqueline!
    Fiquei mesmo com vontade de apreciar essa obra tão bem escrita.
    Os therillers psicológicos são livros envolventes e nos faz acompanhar toda a trama.
    Confesso que me decepcionei muito com os últimos que li, entretanto, esse parece que vale a pena. Mistura fatos reais com ficção, misticismo e vários outros componentes que prendem nossa atenção como leitor.
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. uau esse livro parece ser ótimo, tem duas coisas que me pegam uma forte dose de psicologia e toque sobrenatural! E além disso tem imagens, coisa que é bem rara nesse tipo de livro. Já estou colocando ele na lista de desejados do skoob!!!

    Participando do sorteio e torcendo para o livro vir morar aqui na minha estante =D
    Miquilis: Bru

    ResponderExcluir
  23. thriller psicologico com toque sobrenatural!
    adoro livros que tem um desfecho inesperado. os protagonistas parecem ser interessantes, nada dos clichês de ultimamente .
    a capa e a diagramação interna são incriveis

    ResponderExcluir
  24. PARTICIPANDO
    MARIZA NUNES
    MARIZANUNESSB@HOTMAIL.COM

    ResponderExcluir
  25. Oba, estarei participando =}
    Ouvi muitos elogios sobre o livro. E fico sempre ansiosa com livros do gênero psicológico ao thriller. São definitivamente um dos meus favoritos.
    As imagens no livro são bem diferentes e com certeza é um livro peculiar.
    Abraços Jaqueline
    leituras-insanas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  26. Me deu muita vontade de ler agora, adoro histórias misteriosas e de suspense, tenho certeza que eu iria adorar a leitura! Pela capa nunca dei muita atenção, mas lendo a resenha me parece muito legal!

    ResponderExcluir
  27. Oi Jac
    Comecei a ler a sua resenha e já fiquei doida querendo ler esse livro, não consegui resisti e já comprei ele, agora é torcer pra chegar logo rsrsrs
    Nem preciso dizer que gostei da resenha, né?
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar.Será muito bom saber o que você pensa...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...